Inauguração da ‘‘Exposição de Fotografia de Che Peng Ion - Reconstrução’’ integrada no Projecto de Promoção de Artistas de Macau

03/07/2017 09:17:33

Com a organização da Fundação Macau, a “Exposição de Fotografia de Che Peng Ion – Reconstrução”, integrada no “Projecto de Promoção de Artistas de Macau”, será inaugurada no próximo dia 18 de Julho, terça-feira, pelas 18h30, na Sala de Exposição do Centro UNESCO de Macau. A Exposição reúne mais de oitenta obras fotográficas monocromáticas a cores do Sr. Che Peng Ion, um artista de Macau, sendo apresentado, nesta cerimónia, o álbum de fotografias, recentemente publicado, com o mesmo título da Exposição.


Che Peng Ion, cujo gosto pela fotografia teve início em 1984, tornou-se membro da Associação de Salão Fotográfico de Macau e da Associação Fotográfica de Macau neste mesmo ano, sendo membro sénior da primeira e membro honorário da segunda e, ainda, é membro sénior da The Royal Photographic Society. Desempenhou várias vezes o cargo de vogal de júri de avaliação em concursos internacionais de fotografia temática em vários países e presidiu a palestras e workshops de vários organismos e associações locais. As suas obras fotográficas já foram expostas no Interior da China, Taiwan, Roménia, Hong Kong e Macau, tendo sido as mesmas publicadas em sites fotográficos chineses. 


A “Exposição de Fotografia de Che Peng Ion – Reconstrução” é composta por sete unidades. O  objectivo desta mostra fotográfica é, por um lado, a apresentação dos esforços que têm sido envidados pelas indústrias de jogo e diversão para dinamizar o sector do turismo e lazer de Macau e, por outro, a apresentação das transformações que advieram do impulso destas indústrias na economia e que contribuíram para a mudança do panorama da cidade outrora simples, sossegada e com um ritmo lento.


Pelo percurso das ruas e bairros, o autor sente-se um estranho face às novas alterações da cidade, modificada pelo desenvolvimento e pela construção acelerada. O contraste entre os edifícios modernos e antigos e a presença de turistas provenientes de todo o mundo, que enchem as ruas de Macau, suscitaram-lhe a ideia ‘‘reconstrução’’ de Macau. Por este motivo, decidiu pegar na sua máquina para captar os “momentos” da cidade, mesmo que apenas sejam “instantes ou fracções”. A presente Exposição destina-se não apenas a possibilitar aos visitantes ficarem a conhecer as transformações que se desenrolaram na cidade, como também dar relevo aos problemas de protecção, preservação e desenvolvimento da cultura local, temas merecedores de uma reflexão de cada um de nós. 


A Exposição está patente ao público entre os dias 19 e 26 de Julho, todos os dias das 10h00 às 19h00, no Centro UNESCO de Macau, sito na Alameda Doutor Carlos d'Assumpção, NAPE, Macau. A entrada é gratuita e todos os interessados serão bem-vindos. Para mais informações, podem entrar em contacto com o Centro UNESCO da Fundação Macau através do telefone n.º 28727066 ou por e-mail: unesco_info@fm.org.mo.