Serviços de Apoio a Idosos em Casa


類別:社會服務

A Acção “Serviços de Apoio a Idosos em Casa” da Caritas Macau, apoiada pela Fundação Macau, teve bons resultados e está prevista a entrada em funcionamento no próximo ano de uma 2.ª equipa destes serviços

Depois de cerca de um ano passado sobre a data de implementação da Acção “Serviços de Apoio a Idosos em Casa” da Caritas Macau em cooperação com a Fundação Macau, as duas entidades tiveram uma reunião de avaliação desta Acção. O Dr. Wu Zhiliang, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau mostrou um grande apreço pelo trabalho realizado pela Caritas Macau e pelos seus trabalhadores que se encontram no terreno e fez votos para que continuem a trabalhar com afinco e sempre com o objectivo de prestar os melhores serviços profissionalizados a cada doente.

O encontro para troca de ideias e avaliação desta Acção, teve lugar no dia 28 de Novembro no Restaurante “the Plaza”, e contou com a presença do Dr. Wu Zhiliang, Presidente da Fundação Macau, Wong Tai Lok, Chefe do Departamento de Subsídios e Cooperação, Cheang Mio Si, Chefe da Divisão de Cooperação, Pan Chi Meng, Director-Geral de Caritas Macau, Un Chi Hoi, Chefe Administrativo, Cheang Ut Sin, Chefe dos Serviços, bem como enfermeiros, terapeutas ocupacionais, trabalhadores de serviço social, técnicos de cuidados de saúde, num total de 28 pessoas.

O Sr. Pun Chi Meng agradeceu o apoio e a atenção da Fundação Macau, sempre prestados à Caritas Macau e ao Centro de Serviços subordinado. Segundo ele, “o Centro de Serviços, desde a contratação do 1.º utente-doente no dia 1 de Dezembro de 2012, já serviu um total de 104 utentes. O alcance dos serviços já se projectou de Macau para as ilhas de Taipa e Coloane. Como estes serviços são subsidiados pela Fundação Macau, as taxas cobradas aos utentes são muito inferiores quando comparadas com as praticadas nos lares. Tendo em consideração que os serviços prestados são positivamente valorizados pelos utentes, a Caritas Macau está a dedicar-se a organizar e a dar preparação a uma 2.ª equipa de cuidados de saúde que, possivelmente, poderá entrar em funcionamento no próximo ano”.

A Sra. Cheang Ut Sin disse que, “nesta primeira fase, os serviços concentraram-se na Zona Norte de Macau e numa 2.ª fase projectar-se-ão a outras zonas do Território. O conteúdo dos serviços prestados abrange cuidados básicos e cuidados especiais, reabilitação, apoio à aquisição de aparelhos, sugestão para melhoramento do ambiente doméstico e suporte à formação em casa, com o objectivo de melhorar as capacidades de auto-recuperação dos idosos e de gestão do plano de saúde feito pelos familiares. Deste modo, ajuda-se a que os idosos tenham uma melhor qualidade de vida em casa e, assim, os familiares consigam aliviar a pressão que sentem na prestação de cuidados aos idosos, podendo ir trabalhar mais descansados”. Disse ainda que “a maior parte dos utentes tem vindo a recuperar lentamente a saúde, dia a dia, nomeadamente, ao nível dos problemas de pele, coordenação motora e capacidade de movimentação, principalmente, depois de receber os cuidados profissionais e os ensinamentos do pessoal especializado para passarem a ter uma correcta nutrição e uma melhor alimentação. A ajuda diária e a atitude colaborante para com os doentes, dando-lhes o conforto psicológico necessário, fizeram com que estes trabalhadores tenham já ganho a confiança dos doentes assim como dos seus familiares. Ela espera que os idosos, com necessidades deste tipo de serviços descritos, consigam viver de uma forma mais despreocupada, bem inseridos na comunidade, fazendo com que seja atingido o objectivo de “ter uma vida boa na sua própria residência”.

A Caritas Macau, desde a sua fundação, tem vindo a servir os grupos mais carenciados da sociedade, prestando atenção às suas necessidades, e com resultados positivos bem à vista de todos. Por isso, no ano passado, a Fundação investiu o valor de vinte e um milhões de patacas no lançamento do Projecto “Serviços de Apoio a Idosos em Casa”, sob a forma de cooperação entre Caritas Macau e Fundação Macau, com uma duração de 3 anos. Pretendeu-se promover os serviços de cuidados de saúde em casa, durante as 24 horas do dia, para os idosos mais fragilizados ou para os doentes crónicos que necessitam de cuidados constantes, no âmbito da prestação de cuidados médicos e de reabilitação. Este serviço vai no sentido de aliviar a pressão que sentem os lares de idosos e hospitais, pois têm uma longa lista de espera de idosos doentes que esperam pela sua admissão, bem como aliviar, igualmente, a pressão sobre os familiares que vivem com eles e lhes dão apoio. A equipa de prestadores de cuidados de saúde é composta por: 2 trabalhadores do serviço social, 2 enfermeiros, 1 fisioterapeuta, 1 terapeuta ocupacional, 17 técnicos de cuidados de saúde e 3 funcionários administrativos.

Na opinião da Fundação Macau, os resultados positivos da Acção “Serviços de Apoio a Idosos em Casa” demonstram um bom exemplo de cooperação entre a Fundação Macau e esta Associação. No futuro, a Fundação irá, de continuidade, cooperar com mais associações de base que também prestam serviços sociais, para que se implementem mais projectos que beneficiem os residentes e cuidem de outros grupos vulneráveis da sociedade, no sentido de criar conjuntamente um ambiente harmonioso e de ajuda recíproca.

Encontro entre a Fundação Macau e os trabalhadores da “Caritas Macau” para avaliação da Acção “Serviços de Apoio a Idosos em Casa”

 

A Acção “Serviços de Apoio a Idosos em Casa” da Caritas Macau, apoiada pela Fundação Macau, foi bem valorizada pelos utentes e no próximo ano entrará em funcionamento uma 2.ª equipa de prestação de cuidados de saúde em casa

No passado mês de Dezembro, a Fundação Macau investiu o valor de vinte e um milhão de patacas no lançamento do Projecto “Serviços de Apoio a Idosos em Casa”, uma cooperação entre Caritas Macau e Fundação Macau, e terá a duração de 3 anos. Pretende-se promover os serviços de cuidados de saúde em casa, durante as 24 horas do dia, para os idosos mais fragilizados ou para os doentes crónicos que necessitam de cuidados constantes, no âmbito de serviços médicos e de reabilitação. Este serviço vai no sentido de aliviar a pressão que sentem os lares de idosos e hospitais, pois têm uma longa lista de espera de idosos doentes que esperam pela sua admissão, bem como aliviar, igualmente, a pressão dos familiares que vivem com eles e lhes dão apoio.
 
No âmbito do Projecto “Serviços de Apoio a Idosos em Casa”, a equipa profissional produz um programa de cuidados permanentes para os doentes e que os familiares devem acompanhar, podendo ainda prestar um serviço de 24 horas. A equipa é composta por 2 trabalhadores do serviço social, 2 enfermeiros, 1 fisioterapeuta, 1 terapeuta ocupacional, 17 técnicos de cuidados de saúde e 3 funcionários administrativos. Na primeira fase, os serviços concentraram-se na Zona Norte de Macau e numa 2.ª fase projectar-se-ão às outras zonas do Território. Até ao momento, no âmbito deste Projecto de serviços prestados, foram tratados 70 casos. A maior parte dos utentes têm vindo a recuperar lentamente a saúde, dia a dia, nomeadamente, ao nível dos problemas de pele, coordenação motora e capacidade de movimentação, principalmente, depois de receber os cuidados profissionais para passarem a ter uma correcta nutrição e melhor alimentação. Por outro lado, os Serviços de 24 horas por dia conseguem aliviar a pressão dos familiares que vivem junto, para que estes possam ir trabalhar mais descansados.

Tendo em consideração que os serviços prestados são positivamente valorizados pelos utentes, a Caritas Macau está a dedicar-se à preparação da organização de uma 2.ª equipa de cuidados de saúde que, possivelmente, poderá entrar em funcionamento no próximo ano. Como estes Serviços são subsidiados pela Fundação Macau, as taxas cobradas junto dos utentes são muito inferiores quando comparadas com as praticadas nos lares. Além disso, para os mais pobres, a taxa mensal é reduzida para metade, no sentido de os ajudar mais, pois têm necessidade dos serviços e não podem pagar, mas os outros utentes, com menos dificuldades financeiras, suportam a taxa mensal por sua conta própria, embora paguem a taxa com base na quantidade de vezes que utilizam os serviços por mês.

Para mais informações, podem consultar o site do Projecto:

http://www.caritas.org.mo/zh-hant/service/services-for-elderly/macau-caritas-fund