Macau participou na reunião da Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China - Fundação Macau

Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesMacau participou na reunião da Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China

Macau participou na reunião da Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China

Date:19/01/2018 - 22/01/2018
31/01/2018 17:00:54

A terceira reunião da 10.a edição do Comité Nacional da Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China foi realizada com êxito nos dias 19 a 22 de Janeiro de 2018 em Beijing. A reunião aprofundou o estudo e a implementação do espírito do 19.º Congresso Nacional e do Pensamento de Xi Jinping sobre o tema “Socialismo com Características Chinesas para uma Nova Era” que resumiu de forma abrangente os trabalhos realizados pela Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China em 2017. Ao mesmo tempo, prepararam-se os trabalhos a realizar em 2018 nomeadamente dinamizar a reforma profunda da Federação, reunir o sector literário e artístico para promover o desenvolvimento e a prosperidade social e incentivar o esforço para divulgar activamente a arte chinesa no exterior. 

Nesta reunião foram examinados os trabalhos realizados em 2017. No ano anterior, a Federação realizou diversas actividades, tais como a organização de uma formação para as elites literárias a nível nacional, uma série de práticas literárias e artísticas temáticas, promoção de serviços voluntários nas áreas literária e artística a nível básico e reforço dos trabalhos para atribuição de prémios e comentários referentes a estas áreas, bem como a divulgação ampla da energia positiva e, em particular, fortalecer os trabalhos literários e artísticos dos escritores e artistas de Hong Kong, Macau e Taiwan. Através da realização do 9.º Fórum de Arte dos Dois lados do Estreito de Taiwan e de Hong Kong e Macau, da 7.ª Edição da Grande Festa “Primavera de Hou Kong” e de outras actividades, estimula-se a identidade e o sentimento de pertença dos compatriotas de Hong Kong, Macau e Taiwan à Pátria, bem como se reforça a influência e o apelo da cultura chinesa. 

Na reunião elaboraram-se os trabalhos para o ano de 2018. Em 2018, os trabalhos nas áreas literária e artística da China vão insistir na arte criativa e no desenvolvimento inovador, na consolidação da confiança cultural e ter o povo chinês como o centro dos trabalhos, focalizar-se no sonho chinês elegendo-o como o tema de uma nova era, tendo o foco na promoção da criatividade, na publicação de mais obras de elevada qualidade, na formação de novos talentos e, ainda, na profunda reforma da Federação. Com todas estas actividades pretende-se desempenhar ao máximo o papel de liderança nestas áreas, a fim de contribuir para o grande sonho chinês de revitalização da nação chinesa.  

Além disso, a reunião também enfatizou que em 2018 se continuará a expandir activamente os intercâmbios culturais de índole popular com outros países e com Hong Kong, Macau e Taiwan, com a finalidade de contribuir para construção da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”. Serão realizados os projectos-chave desta iniciativa, tais como o 4.º Festival de Artes da China - UE, a visita de talentos artísticos de Macau ao exterior, o 10.º Fórum de Arte dos Dois lados do Estreito de Taiwan e de Hong Kong e Macau e a 8.ª Grande Festa “Primavera de Hou Kong”, entre artistas de Macau e do Interior da China; o reforço da ligação e da cooperação com o sector literário e das artes de Hong Kong, Macau e Taiwan para estabelecer novas cooperações a fim de promover a cultura chinesa excelente e construir uma boa imagem da China contemporânea.

Estiveram presentes na terceira reunião da 10.a edição do Comité Nacional da Federação dos Círculos de Literatura e Arte da China a Presidente da Federação, Dra. Tie Ning e os Vice-presidentes da Federação, Dr. Li Yi, Dra. Zhao Shi, Dr. Zuo Zhongyi, entre outras personalidades. Por Macau participaram nesta reunião as personalidades, Chan Chi Vai, Kuok Keng Man, Hoi Kin Wa e Zhong Yi que ouviram atentamente o relatório e comentaram na discussão de grupo o desempenho e as vantagens de Macau, a formação de talentos locais e a edição de obras literárias originais, tudo isto através da plataforma da Federação, com o objectivo de divulgar a cultura de Macau.