Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesConferência Internacional da “Faixa e Rota” e o Desenvolvimento de Macau 2018 será realizada brevemente

Conferência Internacional da “Faixa e Rota” e o Desenvolvimento de Macau 2018 será realizada brevemente

Date:06/06/2018 - 07/06/2018
04/06/2018 09:00:54

A Conferência Internacional da “Faixa e Rota” e o Desenvolvimento de Macau 2018 co-organizada pelo Gabinete de Estudo das Políticas, Fundação Macau e Grand Thought Think Tank, terá lugar no Centro de Convenções e Entretenimento da Torre de Macau, de 6 a 7 de Junho de 2018. Esta Conferência intitula-se “Da Visão à Acção, Macau e o País juntos na Construção da “Faixa e Rota” e centra-se na abordagem da forma de desenvolver, dinamicamente, as vantagens e o papel de Macau, para participar conjuntamente e ajudar o País na construção da “Faixa e Rota”, permitindo que o espírito da Rota da Seda tenha continuidade.

A Conferência realizar-se-á com o enfoque na discussão e intercâmbio em torno de 4 temáticas sobre a forma de Macau ajudar o País na construção de “Faixa e Rota”, nomeadamente: a Construção da Zona “Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” e “Faixa e Rota”, a Construção de um Centro Mundial de Turismo e Lazer e “Faixa e Rota”, a Construção de uma Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa e “Faixa e Rota”, assim como a criação de uma base de intercâmbio e cooperação, tendo a cultura chinesa como a cultura predominante, que promove a coexistência de diversas culturas em Macau.

Para esta Conferência foram convidados Dr. Li Zhaoxing, presidente honorário do Chinese People’s Institute of Foreigns Affairs e ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China, prof. Bob Carr, director de Australia China Relations Institute, University of Technology Sydney e ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros da Austrália, embaixador Lu Shumin, presidente da United Nations Association of the People’s Republic of China, presidente da Direcção de Chinese People’s Institute of Foreign Affairs e ex-Comissário do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na RAEM, Doutor Douglas H. Paal, vice-presidente da Carnegie Endowment for International Peace dos Estados Unidos da América, prof. Hu Angang, Director de National Conditions Institute of the Tsinghua University, Tan Sri Dato’ Seri Lim Gait Tong, presidente da China-Asean Business Association, prof. Zheng Yongnian, Director de East Asian Institute, National University of Singapore, prof. Zhang Yansheng, membro do Comité Académico da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma e investigador principal de China Center for International Economic Exchanges, Dr. Boonyong Yongcharoenrat, presidente da Thai Young Chinese Chamber of Commerce e vice-presidente da Thai Chinese Chamber of Commerce, prof. Xie Shouguang, presidente da Social Sciences Academic Press, prof. Hao Yufan, Director da Faculdade de Ciências Sociais na Universidade de Macau e presidente da Direcção de Grand Thought Think Tank, Doutora Vong Chuk Kwan, presidente do Instituto de Formação Turística, prof. Lei Heong Iok, presidente do Instituto Politécnico de Macau, entre outros especialistas e académicos provenientes do exterior, do Interior da China, Hong Kong, Macau e dirigentes chineses ultramarinos, do mundo da política e de negócios, que irão partilhar as suas opiniões em torno do domínio e tema relacionado, apresentando sugestões em prol da participação de Macau na construção de “Faixae Rota”.

No ano passado, o presidente Xi Jinping, participou, em Pequim, no Fórum para a Cooperação Internacional “Faixa e Rota”, presidiu à mesa redonda de líderes participantes do Fórum, estabeleceu diálogo com todos as partes envolvidas sobre a promoção de cooperação internacional, a concretização do grande plano de desenvolvimento e de benefícios mútuos, iniciando assim a nova rota de cooperação internacional “Faixa e Rota”. Ao longo de um ano, sob a liderança do presidente Xi Jinping, a construção de “Faixa e Rota” registou uma melhoria qualitativa, maior celeridade e intensificação dos trabalhos; todas as partes em torno do lema “diálogo conjunto, construção conjunta e partilha conjunta” constroem conjuntamente uma nova plataforma de cooperação internacional, incutindo uma forte e incansável dinâmica em prol da prosperidade e desenvolvimento mundial conjunto. Com a promoção da iniciativa nacional “Faixa e Rota”, o mundo inteiro aspira apanhar o comboio do desenvolvimento rápido da China, e sendo Macau uma Região Administrativa Especial que goza das vantagens e condições favoráveis proporcionadas pelo Regime “Um País, Dois Sistemas ”, também deve, através do Governo ou das empresas, apanhar o comboio nacional do desenvolvimento rápido, integrar-se no desenvolvimento do País, fomentar o próprio progresso, observando o desenvolvimento de Macau com um pensamento e horizonte global.

O Relatório do 19.° Congresso do Partido Comunista Chinês refere a necessidade de apoiar a integração de Hong Kong e Macau na conjuntura do desenvolvimento nacional. A Grande Baia de Guangdong-Hong Kong-Macau encontra-se no ponto de intersecção entre a zona da Bacia do Pacífico e a zona da Bacia do Índico, constituindo um importante centro fronteiriço da iniciativa “Faixa e Rota”, sobretudo da Rota Marítima da Seda do Século XXI. Sendo uma das partes constituintes da Grande Baía, e possuindo base e vantagens no intercâmbio e cooperação com os países de língua portuguesa, Macau torna-se na ponte e ligação de cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa. Ao mesmo tempo, Macau também constitui um destino do turismo mundial, onde se regista a predominância da cultura chinesa, a coexistência do multiculturalismo, e a manutenção de uma estreita ligação com os países de língua portuguesa, deste modo através do fortalecimento do intercâmbio e da cooperação com a ASEAN, os países de língua portuguesa e latinos, Macau dispõe de vantagens únicas e futuro promissor na construção da “Faixa e Rota”.

A efectivação da participação da RAEM na construção de “Faixa e Rota” deve-se ao estudo das políticas e ao apoio da inteligência, e este simpósio consiste numa experiência continuada de inovação, colaboração e desenvolvimento entre o Governo da RAEM e a instituição privada Grand Thought Think Tank. Estudando, implementando e utilizando melhor as vantagens e as condições favoráveis proporcionadas pelo Regime “Um País, Dois Sistemas”, assim como agarrando e utilizando bem as oportunidades e o espaço de desenvolvimento proporcionados pelo País, a RAEM poderá explorar, ainda mais, as suas vantagens de desenvolvimento e aumentar a competitividade regional, fomentar a diversificação adequada da economia, elevar o seu poderio económico para responder às mudanças e impacto externos, integrando-se, melhor, no desenvolvimento nacional, e ao mesmo tempo que se concretiza o sonho de grande rejuvenescimento da nação chinesa, também se concretiza o seu próprio desenvolvimento de forma mais equilibrada e continuada.   

Anexos