Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesBem-sucedidas a 6.ª Conferência Internacional de Macaulogia e a Cerimónia de Atribuição de Prémios da 5.ª Edição do Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau

Bem-sucedidas a 6.ª Conferência Internacional de Macaulogia e a Cerimónia de Atribuição de Prémios da 5.ª Edição do Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau

Date:05/09/2019
06/09/2019 18:08:48

Decorreram na manhã do dia 5 de Setembro de 2019 no Centro de Convenções do Centro de Ciência de Macau a Cerimónia de Atribuição de Prémios da 5.ª Edição do Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau e a 6.ª Conferência Internacional de Macaulogia, ambas organizadas pela Fundação Macau e a Social Sciences in China Press, contando a conferência ainda com a co-organização da Universidade de Macau, do Instituto Politécnico de Macau, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau e da Universidade Jinan. Marcando este ano o 20.º aniversário do retorno de Macau à Pátria e o 70.º aniversário da fundação da República Popular da China, a realização simultânea das duas actividades reveste-se de um significado especial, contribuindo, por um lado, para apresentar os resultados alcançados e, por outro lado, para explorar novas perspectivas no caminho a seguir.

        Na cerimónia de atribuição de prémios, além de ter atribuído aos excelentes académicos seleccionados os prémios das categorias “Prémio de Monografia” e “Prémio de Tese” relativamente aos estudos realizados nas diferentes áreas de investigação das ciências sociais e humanas, os convidados de honra entregaram ainda o “Prémio Contribuição Excepcional para as Ciências Sociais e Humanas de Macau” ao Prof. Ching Cheung Fai, linguista de renome, e ao Prof. Ieong Wan Chong, especialista em estudos sobre o princípio “Um País, Dois Sistemas”, de forma a lhes homenagear pela sua contribuição brilhante para o estudo e a promoção das ciências sociais e humanas de Macau

Presidiram à cerimónia de atribuição de prémios o vice-director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Xue Xiaofeng, a vice-comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na Região Administrativa Especial de Macau, Wang Dong, o editor executivo principal da Social Sciences in China Press, Wang Limin, e o presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang, que, juntamente com outros convidados de honra, nomeadamente o reitor da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, Liu Liang, a vice-presidente do Instituto Politécnico de Macau, Lei Ngan Lin, o chefe do Departamento de Estudos e Recursos Educativos da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, Wong Kin Mou, o chefe do Departamento de Cooperação, Ciências e Tecnologia do Ensino Superior da Direcção dos Serviços do Ensino Superior, Che Weng Keong, o director interino da Faculdade de Letras, Xu Jie, o director do Instituto de Estudos de Macau da Universidade Jinan, Ye Nong, e os membros do Conselho de Administração da Fundação Macau, Au Weng Chi e Lai Chan Keong, entregaram os prémios aos académicos distinguidos.

O presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang, no seu discurso, apontou a Macaulogia como uma nova área de estudos que, através da pesquisa e avaliação cruzada das diversas áreas de investigação das ciências sociais e humanas, estuda duma forma combinada as fontes históricas e a realidade social de Macau, tendo sempre por base e como núcleo estudos sobre Macau. Ele adiantou que a “Macaulogia” já satisfaz as condições necessárias para se tornar uma displina académica predominante a nível regional, possuindo força para se tornar uma área de estudos que tem por base científica fundamental o conhecimento dos seus autóctones. A grande perspectiva da Macaulogia deverá visar a construção de um sistema de conhecimento autóctone, criação de um sistema narrativo macroscópico e explanativo que reflicta de forma abrangente as características únicas de Macau; a implantação da autonomia de Macau a nível académico; o reforço e melhoria do poder discursivo académico de Macau e a união dos investigadores de Macau das diferentes áreas de estudo.

        O Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau foi uma iniciativa lançada pela Fundação Macau em 2004, inicialmente em cooperação com a Guangdong Federation of Social Sciences, e depois, em 2012, com a co-organização da Social Sciences in China Press. Esta iniciativa visa avaliar e fazer um balanço, de modo periódico, abrangente e objectivo, dos estudos realizados na área das ciências sociais e humanas de Macau e incentivar a dedicação e empenho de mais académicos e especialistas a estudar e reflectir sobre Macau, reunindo o sector académico para, todos juntos, promover o desenvolvimento e a prosperidade dos estudos em torno dos temas relacionados com Macau e estimular uma melhor qualidade humanista e da imagem cultural desta cidade.

O editor executivo principal da Social Sciences in China Press, Wang Limin, no seu discurso, afirmou que os estudos da área de Macaulogia tinham obtido resultados muito positivos e notáveis nos últimos 30 anos. Os trabalhos premiados nesta edição são representativos dos estudos realizados na área das ciências sociais e humanas de Macau. A conferência ora realizada vai ser um novo ponto de partida para a construção da Macaulogia. Nesta nova era, os estudos de Macaulogia deverão não apenas focar-se na história mas também olhar para a realidade e o futuro. Assim, deverá dar importância tanto à modernização dos patrimónios históricos e culturais de Macau como à racionalização, sistematização e teorização das boas práticas dos últimos 20 anos após o retorno de Macau relativamente à implementação do princípio “Um País, Dois Sistemas”. Isto é que é a fonte de poder para o desenvolvimento da Macaulogia e representa o valor precioso da Macaulogia.

Em representação dos premiados, Agnes Lam Iok-fong, distinguida pela excelência do seu trabalho classificado em primeiro lugar no Grupo de Monografia, proferiu um discurso por ocasião da cerimónia, afirmando que o “Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau” estimula os académicos a procurar aperfeiçoar a qualidade dos seus estudos, promovendo o desenvolvimento dos estudos de Macau. Ela fez lembrar que a Fundação Macau começou a promover a realização e a publicação dos estudos sobre Macau, tendo acumulado vários elementos destes estudos e apresentado diferentes reflexões do sector académico sobre Macau. Ela aproveitou ainda a oportunidade para manifestar os seus agradecimentos às entidades organizadoras e aos estabelecimentos de ensino superior de Macau e outras organizações académicas pelo seu apoio aos académicos que se dedicam aos estudos sobre Macau, pois só com este apoio é que as equipas de estudos sobre Macau, locais e do exterior, se aperfeiçoam e se fortalecem, juntando os conhecimentos passados, presentes e futuros de Macau.

Após a cerimónia de atribuição de prémios, o ex-director do Centro de Desenvolvimento das Artes e Cultura Étnicas e Folclóricas do Ministério da Cultura e Turismo da China (antigamente Ministério da Cultura), Li Song, o vice-director executivo do China Development Institute (Shenzhen) e vice-presidente da Chinese Association of Hong Kong and Macao Studies, Guo Wanda, o coordenador do Center for Migration and Ethnic Studies da Universidade Sun Yat-sen, Zhou Daming, e o professor coordenador honorário da Faculdade de Economia da Universidade Nagasaki do Japão, Geoffrey C. Gunn, proferiram discursos em torno do tema principal da conferência “Macaulogia e a Cultura Popular de Macau”, dando arranque à 6.ª Conferência Internacional de Macaulogia que tem a duração de 2 dias. A seguir, vários académicos e especialistas oriundos do Interior da China, Hong Kong, Macau, Vaticano, Japão e outras regiões e países realizaram debates profundos em torno dos temas relacionados com a “criação de disciplinas académicas sobre Macaulogia”, a “sociedade local na interacção entre etiquetas e costumes”, as “festividades populares e o carácter multicultural de Macau”, a “cultura intangível de Macau e o desenvolvimento da literatura popular e da cultura de massa”, etc.

 

O presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang, proferiu um discurso.

 

O editor executivo principal da Social Sciences in China Press, Wang Limin, proferiu um discurso.

 

O vice-director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Xue Xiaofeng, entregou o “Prémio Contribuição Excepcional para as Ciências Sociais e Humanas de Macau” ao Prof. Ching Cheung Fai.

 

A vice-comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na Região Administrativa Especial de Macau, Wang Dong, entregou o “Prémio Contribuição Excepcional para as Ciências Sociais e Humanas de Macau” ao Prof. Ieong Wan Chong.

 

O editor executivo principal da Social Sciences in China Press, Wang Limin, entregou prémio a Agnes Lam Iok-fong, distinguida pela excelência do seu trabalho classificado em primeiro lugar no Grupo de Monografia.

 

O presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang, entregou prémio a Sheng Li, distinguido pela excelência do seu trabalho classificado em primeiro lugar no Grupo de Tese.

 

O membro do Conselho de Administração da Fundação Macau, Au Weng Chi, entregou prémio a Chen Wenyuan e Dong Hao, distinguidos pela excelência dos respectivos trabalhos classificados em segundo lugar no Grupo de Tese.

 

O membro do Conselho de Administração da Fundação Macau, Lai Chan Keong, entregou prémio a Xie Anbang e Lei Ngan Lin, distinguidos pela excelência dos respectivos trabalhos classificados em terceiro lugar no Grupo de Monografia.

 

Fotografia dos premiados conjuntamente com os convidados de honra presentes na Cerimónia de Atribuição de Prémios da 5.ª Edição do Prémio de Estudos de Ciências Sociais e Humanas de Macau.

 

Fotografia dos participantes conjuntamente com os convidados de honra da 6.ª Conferência Internacional de Macaulogia.