Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesAbertura das candidaturas às bolsas de estudo no âmbito do “Projecto de Continuação de Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário”, de 11 a 29 de Novembro

Abertura das candidaturas às bolsas de estudo no âmbito do “Projecto de Continuação de Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário”, de 11 a 29 de Novembro

11/11/2019 12:41:47

Aceitam-se candidaturas às bolsas de estudo a atribuir no âmbito do “Projecto de Continuação de Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário”, referentes ao ano lectivo 2020/2021, durante o período de 11 a 29 de Novembro. Os alunos interessados que preencham os requisitos de candidatura e que pretendam frequentar cursos de licenciatura em Portugal, devem apresentar a sua candidatura dentro do prazo definido. O número de bolsas de estudo é de 25 e o valor a atribuir a cada bolseiro é de MOP65 mil por ano lectivo. Os resultados da avaliação e selecção das candidaturas serão divulgados no início do mês de Abril de 2020. Os alunos bolseiros, após a conclusão do curso, deverão regressar à RAEM e prestar serviço por um período nunca inferior a três anos consecutivos. O número de alunos que beneficiaram do Projecto referido entre os anos 2004 a 2018 é de 210, dos quais, 88 já concluíram os estudos de licenciatura e 100 ainda se encontram a estudar em Portugal.

Em 2004, com vista a formar profissionais bilingues em chinês-português na área jurídica, a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau, a Fundação Macau e a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude lançaram em conjunto o “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário”. Ao longo dos últimos anos, o Projecto tem vindo a avançar a bom ritmo, obtendo resultados muito positivos, e os bolseiros que concluíram os estudos em Portugal já regressaram a Macau para servir a sociedade com os conhecimentos, entretanto, adquiridos. No seguimento do plano de formação de quadros qualificados, a longo prazo, do Governo da RAEM e com o apoio da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, a Fundação Macau e a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau têm promovido, de forma continuada, o desenvolvimento deste Projecto e, em resposta às necessidades de desenvolvimento social, decidiram aumentar o número de bolsas de estudo e o montante a atribuir, tendo ainda  sido alargado o alcance do Projecto, no sentido de que começaram a ser atribuídas também bolsas de estudo para alunos residentes de Macau que pretendem frequentar cursos de licenciatura de outras áreas académicas em Portugal, sempre com o objectivo de formar novos quadros qualificados em diferentes áreas.

O candidato ao “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário” deve ser titular do estatuto de residente permanente da RAEM antes do termo do prazo de candidatura, ser aluno do último ano do ensino secundário e ter frequentado o ensino secundário em Macau por um período ou períodos que totalizem, no mínimo, quatro anos de escolaridade. O candidato deve entregar o boletim de candidatura devidamente preenchido e assinado, acompanhado dos seguintes documentos: fotocópia do BIRP da RAEM, documentos comprovativos que provem os prémios recebidos em actividades ou competições de grande destaque nos últimos três anos, carta de recomendação emitida pelo director da escola do ensino secundário de Macau que o candidato frequente, documentos comprovativos da frequência do ensino em Macau por um período ou períodos que totalizem, no mínimo, 4 anos de escolaridade, certificados das notas obtidas nos últimos dois anos lectivos ou o certificado de classificação académica emitido pela escola, entre outros documentos que a Fundação Macau e a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau ou mesmo o candidato entendam ser necessários. No acto de entrega dos documentos, o candidato deve exibir o original dos documentos apresentados para verificação de autenticidade por parte da Fundação Macau.

Nos termos do Regulamento, a avaliação e a selecção das candidaturas divide-se em três partes: avaliação de documentos (com ponderação de 50% na classificação final), exame de proficiência da língua chinesa, que em caso de nota negativa é eliminatório à fase seguinte, e entrevista (com ponderação de 50% na classificação final). Os candidatos que obtenham nota não inferior a 50, numa escala de 0 a 100, tanto na avaliação de documentos como na entrevista, serão ordenados, de acordo com a pontuação final obtida, na lista final classificativa de candidatos. Serão seleccionados os 25 alunos melhor classificados e mais 5 alunos nos lugares seguintes, como suplentes, as vagas serão preenchidas por ordem decrescente da classificação obtida. O júri será composto por elementos da Fundação Macau e da Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau.

Estão disponíveis nas instalações e no website da Fundação Macau (www.fmac.org.mo) o boletim de candidatura, o regulamento e os critérios de avaliação das candidaturas ao “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal para Alunos que Completam o Ensino Secundário” referente ao ano lectivo 2020/2021. Os interessados deverão entregar o boletim de candidatura acompanhado dos documentos e elementos necessários à Fundação Macau, sita na Avenida de Almeida Ribeiro, n.ºs 61-75, Circle Square, 7.º andar, durante o horário de expediente (de segunda a quinta, das 9H00 às 13H00 e das 14H30 às 17H45; à sexta, das 9H00 às 13H00 e das 14H30 às 17H30). Para informações adicionais, queira entrar em contacto com a Fundação Macau através do telefone n.ºs 8795-0926/ 8795-0913 ou através do endereço electrónico: db_info@fm.org.mo.